2 de mai de 2014

Teenage Dream - 20




Justin's P.O.V

Flashback on

Percebi que mandei mal ao vê-la engolir seco, ela realmente tinha sido magoada por minhas palavras idiotas, ai como odeio ser essa pessoa. Seus olhos estavam quase marejados, e eu estava sorrindo sínico, como eu consigo ser alguém tão idiota? Vi ela sorrir, tentando mostrar que não estava machucada.


- Você não me ofende nem quando quer.



- O que quer dizer com isso?



- Vê se fica bom em algo Justin, você é péssimo.



- Repito, o que quer dizer com isso?



- Você é péssimo na cama.



- Ah, você só pode estar de brincadeira, todas que comi não disseram isso.



- Você é comprometido e come vadias?



- Na verdade só comi uma, enquanto estava comprometido. – Sorri pra ela



- Como falei, você não me ofende nem quando quer.



- Você só pode estar querendo me irritar.



- Pior que não. – Sorriu sapeca



- O que você quer de mim?



- Eu não quero nada que venha de você, tudo isso é estragado.



- Se tivessem te comido bem, você não estaria revoltada.



- Acabou de admitir que come mal.



- Não falei isso, sabe-se lá para quantos homens você deu.



- Eu só dei para um homem na minha vida, e não valeu à pena.



- Você é só mais uma puta daquelas.



- Brasileira e que você comeu.



- Ah, eu não caio nessa de Brasileira meu bem.



- Aí o problema é seu, não estou fodendo para tirar acordos de você.





Terminou de falar e foi para o closet vestir um pijama (eu acho), trancou a porta e eu não pude saber oque estava acontecendo ali dentro, mesmo tentando abrir a porta. Saiu do closet com seu pijama curto.





- Que roupa é essa?



- Ué, não está vendo? Um short, uma blusa..



- Estou falando do seu estilo.



- Ué, essa é a nova eu, visto o que quiser.



- Quem te disse isso?



- Eu, porque eu mando em mim mesma, e mais ninguém.



- Agora eu concordo com seus pais.



- Bom, você faz o que quiser da sua vida. – Mandou beijos pelo ar





Blaire, você não sabe o quanto me deixa louco fazendo isso. À qualquer momento eu posso te comer e você nem vai saber. Não sabe que penso à todo segundo em você? Em nós dois? Arhg!



Flashback off





- Acorda Justin! – Ouvi um grito



- Ai Blaire, que merda, estava lembrando nossos momentos



- Awn que fofo, pena que temos que ir dormir.



- Já?



- Claro meu querido, já se passaram das onze horas. – Caralho





Blaire’s P.O.V



Flashback on



Esse garoto só pode estar ficando maluco, pediu passagem e eu demorei à ceder, mais acabei deixando o erro acontecer. Afinal, o mais errado da história é o Justin, por ter me beijado, tendo uma namorada. O beijo estava se aprofundando cada vez mais, e eu queria que aquilo acontecesse de novo, até porque ele é uma maravilha na cama, mais não precisa ficar sabendo. Separei nossos lábios e ele me deu um selinho, dando tempo para nós respirarmos para iniciar outro beijo. Este estava mais quente, envolvi minhas pernas em sua cintura e ele sorriu entre o beijo, o que me arrancou uma pequena risada pelo nariz. Vou me matar.




O seu hálito de menta invadia minha boca com muito prazer, e eu apenas deixava aquele momento ser tomado pela força do prazer, porque se eu deixasse minha cabeça agir, quem sabe meu coração se machucasse, afinal, Justin é um sonho de homem, e todas o desejam, à cada gesto que ele faz.





- O que está acontecendo aqui? – Disse uma voz que vinha da porta da sala



Flashback off





- Acorda Justin! – Gritei, por ele também estar viajando.



- Ai Blaire, que merda, estava lembrando nossos momentos



- Awn que fofo, pena que temos que ir dormir.



- Já?



- Claro meu querido, já se passaram das onze horas.





Peguei em sua mão e o ajudei a se levantar, entramos para dentro da casa. (Não, entramos pra fora, avá, claro que foi pra dentro). Bebi um copo de água e corri para o banheiro, indo tomar um bom banho. Tirei a roupa e fui para debaixo do chuveiro, já sentindo a água quente descer pelo meu corpo, e algo gelado agarrar minha cintura de surpresa, me dando um baita susto.



- Que medo seu louco, não entra mais assim.



- Tudo bem amor, calma, é só eu. – Falou enquanto beijava meu pescoço


- Justin...

- Eu estou com saudades amor. – Respondeu-me

- Não faz dois dias que tivemos relações.

- Você sabe que eu sou viciado em algo que só você pode fazer bem.

- Por favor, Justin, eu estou cansada, está tarde...

- Amanhã nós resolvemos isso. – Vi ele travar o maxilar, se enrolar na toalha e sair furioso pela porta



Estou com medo do que ele possa querer fazer. Iria comer alguma puta agora? Eu me sinto uma idiota por não ter ido transar com ele, o mesmo pode comer qualquer uma pra se satisfazer, e eu vou ser a culpada. Terminei meu banho e me enrolei em uma toalha, enxuguei um pouco os cabelos e puxei a água, abri a porta e saí do banheiro, tendo a perfeita visão de um gostoso seminu. Aliviei-me por ele não ter saído e feito o que queria para matar a necessidade. Quando dei de conta, já havia mordido os lábios e estava prestes a tirar aquele vestido, pena que acordei de meus pensamentos e voltei a realidade. Odeio lavar cabelo de noite.



- Você não resiste né? – Olhei para ele franzindo a sobrancelha

- Olha Justin, eu estou super cansada e juro que se não estivesse em mim, teria me entregado novamente.

- Vi os seus lábios sendo mordidos, você quase tirando a toalha pra mim...

- Eu só acho que você precisa de um tratamento, é um viciado em sexo.

- Não que eu seja viciado em sexo, eu sou viciado no seu sexo.

- Porque faz isso comigo? – Essa foi a vez dele franzir a sobrancelha – Porque me deixa cada vez mais apaixonada por você? Dizendo coisas bonitas e sexys...

- Eu te amo Blaire, qual é...

- Eu também te amo, e nem por isso eu digo isso para te seduzir mais.

- Como assim? – Perguntou mordendo os lábios e eu sorri


~ + ~

FINALMENTE MINHAS PROVAS ACABARAM! OLHA GENTE, EU VOU TER QUE DIZER PRA VOCÊS QUE TENHO CERTEZA ABSOLUTA QUE MINHAS NOTAS FORAM UM CÚ, MAS, EU VOU RECUPERAR NOS OUTROS BIMESTRES, MANTENDO DISTÂNCIA DO COMPUTADOR, ME PERDOEM.

O CAPÍTULO FOI UM POUCO GRANDE NÉ? HOJE EU VOU COMPENSAR COM MAIS UM CAPÍTULO, O VINTE E UM. DOMINGO EU POSTO MAIS AMORES, BIEBERKISS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário