18 de jan de 2014

Virtual Love - 4




Ela saiu e ele me fitou preocupado, sorri para ele em forma de conforto para que não se preocupasse tanto. Quando ela chegou, ele retirou o caco, o que fez um pequeno buraco.

Eu: Aiiin, esse negócio tá feio. - Falei chorosa -
Paula: Como vai ser para andar e tomar banho?
Rob: Sei lá, toma cuidado. Eu não sou médico. - Ri -
Eu: Obrigada Rob!
Rob: Não foi nada maninha.
Paula: Tá ardendo ainda?
Eu: Um pouco, mais vai passar.
Rob: Eu espero.
Eu: Não precisa ficar muito preocupado não Rob. Eu estou bem.
Paula: Eu vou subindo.
Rob: Vou com você, fica bem viu minha baixinha?
Eu: Ok.

Eles subiram e eu fiquei soprando aquele buraco. Que negócio feio, me arrependi de ter descido para ver o que era, ainda mais descalço. Ouvi meu celular tocando, e liguei a luz da sala, subi no outro pé, meio que rápido mais não cheguei a tempo, era o Drew. Retornei e no segundo toque ele atendeu.

Ligação - On
Eu: Me ligando em plena madrugada Drew?
Drew: Sim, e porque retornou então?
Eu: Eu sei lá, vai que era algo importante seu besta.
Drew: Tá tá, tenho uma notícia.
Eu: Qual?
Drew: Meu voo foi adiantado para semana que vem.
Eu: C-como assim? Você só pode estar brincando comigo Drew! - Falei chorosa -
Drew: Não, o voo foi mesmo adiantado.
Eu: Eu não acredito! PORRA! PUTA QUE PARIU! MERDA!
Drew: Desculpa Aisha, eu não queria isso para mim.
Eu: Eu sei, me desculpa, mais estava tudo à sua espera.
Drew: Eu..
Eu: Eu tinha arrumado tudo para sua chegada, e-eu, estava tão feliz em poder te ver.
Drew: Posso dizer uma coisa?
Eu: O que? - Falei enxugando as lágrimas -
Drew: Era uma brincadeira Aisha, eu já estou chegando aí.
Eu: Drew! QUE MERDA PORRA! VOCÊ ME ASSUSTOU!
Drew: Foi mal, eu só queria ver sua reação.
Eu: Peça desculpas agora. - Falei rude -
Drew: Own que linda, mais não vou pedir desculpas. - Falou rindo -
Eu: Pois vá tomar no cú. - Chutei o armário -
Drew: Own, desculpa Aisha. O que você chutou?
Eu: O armário. - Ri -
Drew: Hum, agora eu tenho de desligar.
Eu: Porquê?
Drew: Vem me pegar no avião com uma pulseira roxa.
Eu: Então tá né. Beijos!
Drew: Beijo Aisha.
Ligação - Off
 
Eu: Rob! Desce aqui. - Falei alto -
Rob: O que?
Eu: Vamos buscar o Drew.
Rob: Espera, você vai assim?
Eu: Não, deixa eu vestir uma roupa e colocar um negócio.
 
Subi rápido as escadas rápido e tomei um banho, vesti uma roupa simples e coloquei a pulseira roxa, que o Drew pediu para eu usar, quando eu for busca-lo, ele vai me reconhecer. Ótimo!
 
 
Passei meu perfume favorito, Girlfriend do querido Justin Bieber. Não, eu não sou Belieber, apenas curto músicas e o respeito. Até que ele é gato né?! Desci as escadas e fui para o carro, onde o Robin me esperava com a Paula, impacientes para variar. Chegando no aeroporto, eu desci correndo do carro, não aguentava mais, tenho que achar o Drew, mesmo sem saber como ele é.
 
Eu: PORRA DREW, CADÊ VOCÊ MULEQUE! - Gritei - E que tumulto é esse? - Falei após ver umas mil garotas gritando, histéricas.
 
Drew P.O.V
Agora estou eu, no avião, esperando o mesmo pousar. Estou ansioso para ver minha Aisha, querida Aisha, que eu amo tanto. Quando ele pousou, peguei minhas coisas e saí de lá voando.
 
Eu: Cadê você Aisha? - Falei rodando olhares - Ai meu Deus, o que minhas Beliebers fazem aqui?
Ken: Justin, elas descobriram.
Eu: Eu sei Kenny, vem comigo, ela tá de pulseira roxa.
Ken: Ok.
 
Fui passando por aquele tumulto, com o Moshe e o Kenny me ajudando. Eu procurei a Aisha, quando ouvi um grito, é a voz dela, a voz da minha Aisha. Só pode ser!
 
Xxx: PORRA DREW, CADÊ VOCÊ MULEQUE! - Ela é barraqueira? Ri. -
Eu: AISHA, CADÊ VOCÊ CRIATURA.
Xxx: Hey, você não é o Justin Bieber? - Eu conheço essa voz -
Eu: Sou sim, prazer. Você é a..?
Xxx: Stella Aisha, prazer em te conhecer.
Eu: Aisha? - Gelei -
Aisha: Hey, garoto! Espera, eu conheço sua voz de algum lugar.
Eu: Aisha, sou eu.
Aisha: Eu quem?
Eu: Drew, princess.
Aisha: Não me diga que você é o.. - Arregalou os olhos - DREEEEEEEEEEEW!
 
Não deu tempo de eu falar nada e ela pulou no meu colo, me abraçando. Ela é mais linda pessoalmente, se bem que a gente nunca se viu virtualmente. Segurei ela no colo à abraçando com todas as minhas forças, é, me fez ouvir um gemido de dor, vindo dela.
 
Aisha: Quer me esmagar?
Eu: Não. - Ri pelo nariz e a soltei - Tudo bem?
Aisha: Uhum.
Eu: Você é mais linda pessoalmente.
Aisha: Digo o mesmo.
Eu: Vamos princess?

Nenhum comentário:

Postar um comentário