20 de jan de 2014

Virtual Love - 30


Lin: Está tudo bem com você?
Eu: Tá, eu só estou cansada.
Lin: Eu sei que não está tudo bem Stella, eu te conheço.
Bon: Fica tixti naum txitxia, dá um xoliso pa eu. - Sorri largo -

A Bonnie é um amor de pessoa, eu não consigo parar de sorrir para ela. Ela sorriu de volta e inclinou a cabeça e ficou mexendo nos meus cabelos, Lindsay achou a cena muito fofa, com razão.

Lin: Ela realmente gosta de você.
Eu: Pelo menos ela.
Lin: Não fala isso amiga, todo mundo gosta de você.
Eu: Menos quem eu queria que gostasse. - Abaixei a cabeça -
Lin: Hey, levanta a cabeça princesa, se não a coroa caí. - Sorri fraco -
Eu: Eu queria que Deus ouvisse minhas preces, e concertasse tudo.
Lin: Oh amiga, tudo vai se acertar com seu tempo.
Eu: Eu só estou me machucando cada vez mais.
Lin: Logo isso passará, e você quem dará a volta por cima.
Eu: Eu queria pensar como você.
Lin: E se eu lhe mostrar que pode pensar assim?
Eu: Como?
Lin: Você vai aprender a viver sem homem!
Eu: Só você mesmo ein?! - Ri e ela me puxou -

Bonnie que estava em meus braços continuava mexendo em meus cabelos e sorrindo para mim, Lindsay me puxou para uma loja tipo "academia" (Tipo a Polishop gente, aushasuh), entramos..

[....]

Lin: Viu? Uma ótima massagem, nem precisamos de homem para isso.
Eu: Ah, grande merda, eu nunca fico cansada.
Lin: Mais quando tiver responsabilidades vai ficar.
Eu: Eu sei disso.
Lin: Agora vamos ao cinema e depois comprar roupas.
Eu: Eu não trouxe muito dinheiro.
Lin: Deixa tudo por minha conta, e cara, você não tem cartão de crédito?
Eu: Depois eu faço um.
Lin: Ok.

[....]

Duas semanas depois (...)
Estava perto de meu aniversário e eu só via as chamadas perdidas do Robin, do Justin, da Selena, da Paula, de todo mundo que você pode imaginar. Tinha mensagens também, e umas delas dizia:

"Eu e o Justin terminamos porque ele me contou que ama você Stella, você precisa voltar para casa agora mesmo. Eu entendi as coisas e compreendo vocês. Ele me contou tudo que aconteceu, não tínhamos planejado de eu engravidar. Estamos todos querendo te fazer voltar para casa, todos estamos preocupados, você some sem falar nada." - Selena

"Stella, se você não aparecer, vai ser traga de todo o jeito. Contratei um mandato de busca por toda Los Angeles, nós estamos preocupados com você. Está bem? Onde está?" - Justin

Eu respondi a primeira com um: "Não se preocupem comigo, eu estou bem. Eu só estou querendo descansar, desabafar, está tudo complicado para mim. Desculpe." - Ouvi a porta batendo, mais eu não queria atender, estava muito cansada e tudo está desabando pra cima de mim, ao menos a primeira notícia.

- Stella, abre essa porta! Eu sei que você está aí. - Eu conheço essa voz! Justin, é ele! Como?

Levantei imediatamente do sofá e continuei ouvindo as batidas na porta, respirei fundo e contei de dez para baixo, girei a maçaneta e abri a porta, ele me surpreendeu com um beijo quente e cheio de saudades e desejos, eu precisava daquilo mais agora do que nunca. Nossas línguas batalhavam por um domínio.

Eu: Eu senti saudades. - Falei ofegante por causa do beijo -
Jus: E eu mais ainda. - Sorriu pra mim e me encheu de selinhos -
Eu: Você contou tudo para a Selena?
Jus: Sim, eu não gosto de esconder as coisas dela.
Eu: Mais você terminou mesmo com ela?
Jus: Por você, por nós dois, você sabe que eu te amo.
Eu: Eu também amo você. - Ele sorriu novamente e me deu um selinho -
Jus: Pronta para ir embora?
Eu: Antes me responde uma coisa, como sabia que eu estava aqui?
Jus: Jornais e revistas..
Eu: Bobo! Agora podemos ir para casa.
Jus: Podemos?
Eu: Com certeza, estou com saudades de todos.
Jus: Ok.

[....]

Eu: CHEGUEI DO BRAZIL POVO QUE ME AMA!
Rob: OMG! Stella. - Correu para me abraçar -
Paula: Que bom que você está bem.
Eu: Vocês não leem jornais e revistas?
Sel: Estávamos ocupados pensando no que fazer. - Apareceu na sala sorrindo -
Eu: SEEEEEL! - Corri para abraçá-la -
Sel: Feliz que você voltou. - Sorriu novamente -
Eu: Senti saudade de todos.
Rob: Nós também.
Jus: Bom, eu vou subindo, preciso de um banho.
Eu: Eu também.
Paula: Hm..
Rob: USEM CAMISINHA!
Sel: Não se preocupe Stella, eu apoio um afilhado. - Rimos -

Que povo tolo. Subimos as escadas e ele entrou no quarto dele, e eu no meu. Tirei a roupa e entrei no banheiro para tomar um banho relaxante, fiz minhas higienes e me enxuguei com a toalha. Estendi a toalha e fui até o closet, procurei por alguma roupa e não achei, levaram todas mesmo. Peguei uma nas minhas malas e vesti. Procurei meu perfume e passei, agora eu estou linda e cheirosa.


Peguei a escova e comecei a pentear os cabelos. Se eu não disser, ninguém vai saber. Eu raspei a lateral do meu cabelo, ficou muito foda. Eu aumentei também o número de mechas rosas. Tá incrível!

Jus: Princess? - Senti saudades desse apelido carinhoso -
Eu: Diga princeso.
Jus: Quer sair comigo?
Eu: Eu aceito.
Jus: Como está tarde já, vamos hoje?
Eu: Claro.
Jus: Ok.

[....]

Eu: Nossa Justin, você arrasou mesmo. Aqui é lindo!
Jus: Gostou?
Eu: Claro! É maravilhoso.

Ele sorriu para mim e eu lhe dei um selinho. Caminhamos de mãos dadas por uma passarela de pedrinhas, com velas ao redor, para chegarmos em um lugar reservado, cheio de rosas vermelhas.

As minhas favoritas!

Ele puxou a cadeira para eu sentar, e assim fiz. "Que cavalheiro", pensei. Ele sentou à minha frente e esperamos ser atendidos por algum garçom especial? Porque só estava nós dois e ele aqui.

Jus: Pode trazer aquilo que eu te pedi? - Ele assentiu e saiu -
Eu: O que você pediu?
Jus: É surpresa.
Eu: Ah, me conta por favor Justin.
Jus: Não mesmo, se não estraga a surpresa.
Eu: Aff.

Logo o mesmo garçom trouxe duas taças e um vinho, ele colocou o vinho em nossas taças e depois se retirou, voltando com uma macarronada. Justin sabe que eu amo, e ele também ama, então..

Eu: Acertou em cheio.
Jus: Pois é né, se nós dois gostamos da mesma coisa..

Logo nós dois já estávamos comendo e conversando. Ele estava fazendo umas palhaçadas, que me deixavam rir que nem uma idiota. Tomei um gole de meu vinho e vi algo brilhando na taça.

Jus: Bom, acho que já é hora não é?
Eu: Ahn?

Ele se levantou de sua cadeira e pegou um.. Anel? É muito lindo. Logo ele se ajoelhou na minha frente e eu comecei a sorrir, esse garoto é louco. Pegou em minha mão e beijou.

Eu: O que você tá fazendo? - Rimos -
Jus: Bom, eu não sou muito bom com palavras, mas.. Stella, minha princesa virtual. A garotinha de doze anos que eu conheci por msn, minha melhor amiga, minha paixonite adolescente. Inteligente, bonita, charmosa, sexy, sedutora e delícia. - Ri - Mais apesar de tudo, minha garota. Lembra quando falei que te amo pela primeira vez? Que seria capaz de tudo por você? Então, estou eu aqui de joelhos na sua frente, tentando arranjar um belo jeito de te pedir em namoro. Aceita ser a geleia do meu pão? - Ri novamente e ele beijou minha mão - Aceita ser minha e de mais ninguém? Para sempre? Todo sempre?


E aí? Como ficou este capítulo? Espero que tenham gostado. Continuo assim que possível. Beijocas.

5 comentários:

  1. OMG apaixoneeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeey, continua *-*

    ResponderExcluir
  2. Maria perfeição <3 continua sua gostosa s2

    ResponderExcluir
  3. O que aconteceu com as outras imagines? eu entrie no blog ontem e só tinha a sua, hj tem só aglumas? excluiram foi? desculpe os erros é q eu estou pelo celular. continua! Amei

    ResponderExcluir