23 de jan de 2014

Behind The Flashes - Capitulo 14


Justin's pov

Depois do sonho não consegui mais dormir, sempre que fechava os olhos a imagem do sonho vinha em minha cabeça. Já era 10h da manhã, então decidi colocar uma roupa e descer pra tomar café. Fui até a cozinha encontrando a Barbara tomando café. Nem preciso dizer que lembrei do sonho né?

-Bom dia, Jus -ela disse
-É-é bom dia -tentei esconder meu nervosismo, mas não deu certo
-Hm, aconteceu alguma coisa? -ele disse confusa
-Não, é, porque a pergunta? -disse ainda nervoso
-Você ta nervoso e gaguejando 
-Deve ser impressão sua -disse tomando um pouco do suco de laranja
-É, deve ser mesmo -ela disse irônica- Vc sabe do Brian? -engasguei com meu suco
-Brian? -não podia contar pra ela que eu achei ele no shopping
-É, queria ver ele
-Ver ele? -disse
-É Justin, tá surdo? -ela disse
-Não, não to surdo -disse com tédio
-Então, sabe onde ele tá? -ela disse sorrindo
-Mesmo que soubesse, não iria te falar 
-Ah é? Porque? -ela disse cruzando os braços me olhando me olhando incrédula
-Porque você é minha e não tenho que dividir com ninguém -disse com ciúmes, mas qual é? A Barbara é minha e de mais ninguém
-Eu já disse que eu não sou sua propriedade 
-E eu também já disse que você continua sendo minha -disse fazendo ela rir

(...)

Os meninos e a Thay estavam aqui em casa, eu e os meninos estávamos jogando video game e as meninas pintando a unha. Até que o Chris fala

-Vamos em uma boate hoje a noite? Faz tempo que a gente não vai em uma
-Ah, pode ser cara, o que vocês acham? -perguntei para as meninas
-Pode ser, eu tenho que beijar alguém -a Thay disse lixando a unha e o Chris a fuzilou com o olhar
-E vc Bah? 
-Ta bom, que horas a gente vai? 
-A gente passa aqui as 22h -o Ryan disse e depois todos foram embora
-É, eu vou subir pra tomar um banho e... -calei ela com um beijo, comecei a ter aquelas borboletas no estômago, ficar arrepiado, como se fosse nosso primeiro beijo e pelo que eu percebi, ela também ficou assim também, por que cortou o beijo

-É, o que isso significa? -ela disse com a mão na boca em um sussurro
-Eu não sei, mas deve ser ótimo -eu disse sorrindo também sussurrando, depois disso ela subiu as escadas e foi pro quarto dela

Barbara's pov

Não pode ser que eu estou mesmo tão apaixonada por ele, ai meu deus, isso não podia acontecer. Entrei no banheiro e enchi a banheira pra relaxar e pensar, será que eu estou mesmo apaixonada por ele? Isso é bom ou ruim? Eu não sei, eu estou com um turbilhão de emoções e sensações, mas como eu mesma diz, vou deixar rolar pra ver o que acontece. 

Sai da banheira e fui pro box tirar a espuma do meu corpo. Coloquei um roupão e fui pro closet escolher uma roupa até que sinto braços em minha cintura e o perfume era do Justin

-Ta querendo me matar Justin? -disse com a mão no peito por causa do susto e ele tava sorrindo me olhando com aqueles olhos cor-de-mel que deixa todas as meninas loucas, mas ele é só meu, então não devo pensar nessa hipótese. -Agora sai que eu vou me trocar
-Nada que eu já não tenha visto -ele disse sentando na cama e eu comecei a rir
-Por acaso a gente já transou? 
-Ainda não, mas isso vai acontecer rápido -disse e depois se retirou do quarto. Enfim, voltei para o closet e coloquei minha roupa (clique aqui), fiz babyliss no meu cabelo, fiz uma maquiagem e passei um perfume. Peguei uma bolsa e coloquei meu celular na mesma. Desci as escadas e encontrei todos sentados no sofá, os olhares se viraram pra mim, o Justin me comia com os olhos. 

-Meu deus Barbara como você ta gost... -o Chaz ia falar mas Justin o fuzilou pelo olhar- ta linda 
-Obrigado, vc também ta um gatinho Chaz -eu disse terminando de descer as escadas 
-Ta, ta, vamos acabar com essa palhaçada -Justin disse indo até mim e me abraçando de lado- Vamos?
-Vamos -dissemos em coro

[...]

Chegamos na boate, a fila estava enorme, mas o segurança era amigo do Justin, então entramos mais rápido. Quando entramos na boate tinha gente dançando, se pegando em tudo que é canto, tinha mulheres até pagando boquete ali mesmo. Fui no bar pegar uma bebida.

-O que a senhorita vai querer? -disse olhando descaradamente em meus seios, o que me deixou completamente sem graça
-Uma vodca -disse pra ele e ele foi fazer a bebida, depois de alguns minutos ele veio e trouxe minha bebida
-Aqui está, gatinha -ele disse piscando, até que sinto braços em minha cintura
-Algum problema, amor? -Justin disse dando ênfase no amor, o barman bufou e foi atender um cara
-O que foi isso? -disse me virando pra ele 
-É pra aquele idiota entender que é pra parar de cantar você porque você tem dono
-Aé? Então quem é meu dono? -disse com a voz sexy e rouca no ouvido dele, ele me puxou pela cintura fazendo nossos corpos se chocarem
-Não provoca... -ele disse
-Porque? -perguntei
-Por que eu vou perder a cabeça 
-E se eu quiser que você perca a cabeça? -disse e ele atacou meus lábios, sua lingua adentrou minha boca sem nem pedir passagem, minha mão estava em sua nuca o puxando mais pra mim, como se fosse possivel, ele cortou o beijo.

-Barbara, eu preciso te dizer uma coisa muito importante
-O que Justin? -disse normal, pois já estávamos em uma parte mas calma da boate
-Eu acho...que te amo 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Querem cap 15?? Deem a opinião de vcs pfvr <3

Ps: amo mto vcs 








5 comentários: