20 de jun de 2014

You And I - Capítulo 2

Eu sinto saudades dele. Saudades e angústias ao mesmo tempo.

[...]

Mãe: Está tudo bem, querida? - Olhou para mim -

Eu: Acho que sim. - Tampei o rosto -

Mãe: Hm. - Telefone toca - Já volto.

Fiquei a observando, depois de uns 5 minutos, vi ela se aproximar.

Mãe: Porque não me disse que o Justin estava vindo para cá?

Eu: Ah sei lá. Achei que não queria saber.

Mãe: Claro que queria saber. - Me olhou feio - Até porque gosto muito dele!

Eu: Tá, desculpa.

Mãe: - Riu fraco - Tudo bem. - Silêncio - É por causa dele que está assim? - Se sentou do meu lado -

Eu: Não.. - Menti -

Mãe: Não menti para mim. - Passou as mãos em meus longos cabelos -

Eu: ... Tudo bem, é por causa dele sim.

Mãe: Mas porque está assim? deveria está Feliz. Afinal, você vai ver ele, não vai?

Eu: É, acho que vou. Estou magoada.

Mãe: (S/N), você tem que entender que ele teve que ir embora para seguir seu sonho. E olha onde ele está agora!

Eu: Mãe, não é por causa disso.. Ele não me ligou, não mandou mensagens, nem nada. E achei que perdi meu amigo para sempre.

Mãe: Eu sei, eu te entendo. Acho que sei como você está se sentindo. Mas quando ele chegar, vocês conversam! - Sorriu me fazendo sorrir - Ele vai chegar amanhã de tarde, certo?

Eu: Sim.

Mãe: E Pattie vai vim com ele. - Sorriu -

Eu: Sério? - Assentiu - Ah, não acredito. Estou morrendo de saudades dela.

Mãe: Eu também. - Se levantou - Vamos comer?

Eu: Vamos.

Mamãe e eu fomos comer e passamos a maior parte do tempo assistindo Tv e rindo.

[...]

(20:00hrs)

Pai: Cheguei. - Disse entrando e logo fechando a porta -

Eu: Oi, pai. Como foi hoje?

Pai: Ótimo. - Sorriu e beijou o topo da minha cabeça - Cadê sua mãe? - Disse tirando o casaco -

Eu: Está no quarto. - Olhei para uma caixinha que estava em sua mão - Oque é isso? - Falei apontando -

Pai: Ah, isso aqui? - Assenti - É para você. - Falou me dando a caixinha -

Mãe: Oi amor. - Falou entrando na sala e ambos ficaram me encarando, sorrindo -

Abri a caixinha e minha boca foi no chão.

Eu: PAI, MEU DEUS. EU NÃO ACREDITO. SOCORRO. AAAAAAAAAAH. EU TENHO UM CARRO. - Pulei em cima deles e os abracei - MUITO OBRIGADA. EU AMO MUITO VOCÊS!

Sim, eu sei dirigir. Dirijo desde dos meus 16 anos. Ganhei minha carteira já faz 2 meses e agora tenho MEU CARRO.
EU ESTOU SEM PALAVRAS. EU NEM ACREDITO QUE ISSO ESTÁ ACONTECENDO. ALGUÉM ME AJUDA?

Mãe: Vamos lá fora. Vamos ver o seu carro. - Sorriu e me abraçou -

Fomos para fora, e dei de cara com MEU CARRO.

Eu: MEU DEUS, QUE CARRO PERFEITO. - Cheguei perto dele - Muito obrigada. - Olhei para eles e voltei a analisar o meu bebê.

Meu aniversário será na próxima semana.. E com certeza esse é o melhor presente que eu ganhei. Eu amo muito meus pais.

Peguei a chave e entrei dentro do carro.

Eu: Vou dar uma volta. Quero andar nele. - Sorri com os olhos marejados -

Pai: Mas não demore.

Mãe: Tome cuidado.

Eu: Sim, só vou andar pelo quarterão. Não vou demorar! - Liguei o carro e meu coração disparou -

É muita emoção.

Dei a ré e logo acelerei e fiquei andando pelo quarterão. Pensei em passar pela casa da Caitlin e foi oque fiz.

Buzinei assim que cheguei na casa dela. Fiquei esperando um pouco, até ver se aproximando.
Abaixei os vidros e a boca dela foi no chão.

Caitlin: (S/N)? - Gritou - MENINA, OQUE VOCÊ FAZ NESSE CARRO? ROUBOU FOI? SOCORRO. - Pirou de vez -

Eu: Relaxa. - Gargalhei - Entra aí. - Destravei as portas -

Caitlin entrou e ainda surpresa perguntou..

Caitlin: De quem é esse carro, (S/N)? - Me olhou -

Eu: Meu, ué. - Falei enquanto dava partida no carro -

Caitlin: Hahahaha. Eu estou falando sério. De quem é?

Eu: Eu já disse que é meu. - A olhei - Eu ganhei. Meus pais me deram de presente de aniversário. - Sorri -

Caitlin: MEU DEUS. EU NÃO ACREDITO. ESSE CARRO É PERFEITO. - Falou enquanto o analisava -

Eu: Sim, eu sei. Eu amo demais eles. - Sorri novamente -

Caitlin: Agora podemos ir para o Shopping na hora que quisermos. - Sorriu -

Eu: Hehehe, com certeza. - Rimos - Mas eaí, e seu carro?

Caitlin: Vai chegar amanhã. - Sorriu novamente - estou com saudades do meu bebê.

Eu: - Ri -

Ficamos jogando conversa fora. E quando deu 21:00hrs deixei ela em casa e fui para casa, guardando o MEU CARRO na garagem. Sim, não canso de dizer 'MEU CARRO". Ri comigo mesma e entrei. Dei boa noite aos meus pais e fui para meu quarto, tomei um banho e coloquei essa ROUPA. E me joguei na cama, peguei no sono.


-----------------------------------------------------------------------------
Heeeeey guys :3
Obrigada pelos 5 comments <3
Desculpem pela demora e pelo capitulo de merda :P
Continuo com + 3 comentários ♥

6 comentários:

  1. Continua mooooooolier, plmdds!!!! quero que chegue logo a parte que o Justin aparece SOCORRO, GENTE COMENTEM LOGO, PORQUE SE NÃO VOU FICAR LOUCA AQUI, e se vc estiver inspirada..... deixe o capítulo maior PLEASE! porque quando o Jus aparecer tem que estar pelo menos um pouco maior, hehe, mas enfim é isso ...

    Continuaaaa girl

    ResponderExcluir
  2. Oie, sou leitora nova :3 Troca divulgação? imagine-belieber-me-and-jb.blogspot.com.br
    Obrigadaa :3

    ResponderExcluir
  3. Continuuuuq a ib tah pft e vc sumil??? cade vc? Continuua pfvr tah pft

    ResponderExcluir