18 de jun de 2014

Impossible Love - 18

 http://papelpop.com/papelpop/wp-content/uploads/2013/03/nicki-minaj-amarelo-capa.jpg

[...]

Jus: vamos logo Sn, eu estou cansado de ficar nesse hospital
Eu: CALMA, PENSA QUE É FACIL TROCAR DE ROUPA COM UM BRAÇO ENGESSADO E CHEIA DE CURATIVOS ? -gritei do banheiro-

Aleluia, hoje finalmente eu sairia do hospital, não aguentava mais ficar nessa prisão. Eu terei uma semana para organizar minha vida, pois depois de 2 anos, só Deus sabe o que pode acontecer. Penteei meu cabelo, o deixei solto e terminei de me vestir. Saí do banheiro e Justin me esperava entediado.

Jus: até que enfim
Eu: eu pedi ajuda -peguei minha bolsa-
Jus: se eu te ajudasse a se trocar, eu iria ter que te ajudar a tomar banho e não seria facil para mim te ver nua, você está machucada, e não seria legal transar no banheiro de um hospital -eu ri-
Eu: ta ta, agora me da um beijo ? -eu envolvi a minha mão livre em seu pescoço e ele agarrou minha cintura e a apertou-
Jus: eu poderia te dar mais que isso -ele grudou nossas testas-
Eu: quem sabe depois
Jus: com o braço quebrado ?
Eu: afz, me beija logo

Agarrei seu pescoço e colei nossos lábios, ele pediu passagem com a lingua e eu cedi. Suas mãos deslizavam por toda minha costa e minha bunda, durante o beijo, ele foi andando e acabou se sentando no sofá que tinha ali, ele me colocou em seu colo e novamente me beijou, suas mãos entraram por debaixo de minha camiseta, ele começava a subi-la, mas eu o impedia, ele continuou com gracinhas até que ouvimos a porta ser aberta, imediatamente me sentei ao lado de Justin e fiquei procurando o ar, olhei para a porta e lá estava o doutor.

Dr: eer.. me desculpe
Eu: nã-ã-ão, ta tudo bem -disse falhando, pois eu  estava sem folego-
Dr: você está bem ?
Eu: otima -ele riu-
Dr: tenho boas noticias
Eu: quais ?
Dr: seu braço não esta totalmente quebrado, esta apenas torcido
Eu: e porque o gesso ?
Dr: porque você não poderia mexe-lo, e pelo que eu sei, você é inquieta -eu ri-
Eu: verdade
Dr: então Srta. Adams, iremos tirar o gesso, e você irá usar apenas uma faixa -eu sorri-
Eu: ok
Dr: creio que vai ser melhor, afinal é a ultima semana que você irá ver seu namorado -Justin me olhou rindo-
Eu; ta insinuando o que hein Dr ?
Dr: nada, nada não, mas vocês jovens não se controlam quando um sexo oposto ao seu esta ao seu lado -eu gargalhei e Justin tambem- bom, sente-se aqui Sn

Fui até a maca e me sentei na mesma, ele começou a pegar uns aparelhos e começou a cortar o gesso, depois de alguns minutinhos, eu não estava mais com o gesso.

Eu: poxa
Dr: o que ?
Eu: voce podia ter tirado antes né ? eu ja tomei banho e agora meu braço está fedendo -ele riu e Justin tambem-
Dr: me desculpe, eu estava em uma cirurgia. você vai querer lavar antes de colocar a faixa ?
Eu: SIM

Fui até o banheiro, lavei meu braço, sequei e voltei, ele pegou uma faixa, esparadrapo, e uma fita cor de pele. Ele começou a enfaixar meu braço, que estava pronto depois de alguns minutinhos.

Dr: pronto
Eu: só ?
Dr: sim, toma -ele me entregou mais fitas e faixas
Eu: porque ?
Dr: você terá que trocar a faixa uma vez por dia, ou melhor, a cada vez que for tomar banho, você tira, lava bem o braço, e põe de novo
Eu: ok
Dr: me acompanhem, vou te dar alta

Acompanhamos o doutor, ele falou com a recepcionista e logo saímos do hospital. Justin me abraçou de lado e fomos até a sua ferrari, ele abriu a porta e eu entrei, ele deu a volta e tambem entrou.

Jus: quer ir para casa ou quer comer algo em algum lugar ?
Eu: vamos pra casa, estou com saudades das cadelas e dos meninos
Jus: certeza ?
Eu: sim, porque ?
Jus: quer voltar naquele motel e transar dentro do carro e gemer bem alto para aquela coisa ver como você me da prazer ? -eu gargalhei-
Eu: não -ele fez biquinho-
Jus: então vamos para o alto de uma montanha, armamos uma barraca e fazemos amor no meio da floresta
Eu: não -disse rindo-
Jus: já sei
Eu: o que ?
Jus: vamos para um parque aquatico, aí a gente finge que ta transando e fica gemendo pra ver a cara deles ? -eu ri mais ainda-
Eu: você é muito idiota sabia ?
Jus: sim, mas eu quero fazer todas as loucuras mais loucas enquanto você ainda está aqui
Eu: owwnt -apertei sua buchecha-
Jus: vamos a uma consecionaria, entramos para ver o carro por dentro, fechamos o vidro e nos amamos lá dentro ?
Eu: JUSTIN
Jus: ta ta, parei -ele disse rindo-

Ele deu partida e saiu cantando pneu. Liguei o rádio e estava tocando Misery Business do Paramore, aumentei no ultimo volume e comecei a cantar, mas parei assim que percebi que cantava sozinha. Paramos no semaforo, pois estava no vermelho, Justin me olhou.

Jus: porque parou ?
Eu: eu to parecendo uma retardada cantando alto e pior, sozinha
Jus; eu amo sua voz
Eu: -eu ri- ama ?
Jus: sim, é tão doce -eu sorri-
Eu: canta comigo ? -fiz biquinho-
Jus: eu não gosto de cantar
Eu: para de ser durão, canta logo amor
Jus: mas eu não conheço essa música

Mudei a frequencia do rário até achar uma tocava musicas que Justin gostava, até que achei uma que tocava Love More do Chris Brown e Nicki Minaj, eu sorri.

Eu: EU AMO ESSA MUSICA -Justin riu-

A música começou, eu não errava uma palavra, quando estava chegando no refrão, Justin sorriu e começou a cantar tambem, nós não estavamos cantando, estavamos gritando na verdade, pareciamos duas crianças, mas era uma sensação boa, eu adorava ouvir Justin cantar. Justin estava cantando sozinho, eu esperava a arte da Nicki, assim que chegou, me joguei na música, fazia até gestos, Justin ria.

 He don't know me but he settin' up to blow me
Said my Twitter pics remind him of Naomi
On the low I used to holla at his homie
Fuck it
Now I'm about to ride him like a pony, yeah!
Okay, thug prolly, yo come
Polly!
He wanna fuck a bad dolly and pop Molly!
I hope your pockets got a
Mothafukin' pot belly!
Or is it that you never ball? John Salley!
He had
The Rolls in his Royce, the tone in his voice
Don't want a good girl, hoes
Is his choice!
Dick on H. p*ssy on W
Mouth on open
Ass on smother
You
Ass on the cover too, Elle Magazine
Vroom, vroom, vroom, get gasoline
Could I be your wife?
Now we could bang though
I got these nigg*s whipped
Call me Django
Ele não me conhece, mas ele quer transar comigo
Disse que minhas fotos no Twitter o faz lembrar da Naomi
Tão deprimente, eu ligava para o seu amigo
Dane-se, agora, estou prestes a montar nele como um pônei
Ok, provável criminoso, venha
Bonitão!
Ele quer transar com a garota má e lançá-la como ecstasy
Espero que seus bolsos sejam cheios pra caramba
Ou você nunca jogou? John Salley!
Ele tinha a Roll-Royce, o tom em sua voz
Não quer uma garota boa, as piranhas
São suas escolhas
O seu documento duro e a menina dela molhada
Com a boca aberta
Sufocando com a bunda
Você, com a bunda na capa da Elle Magazine
Vrum, vrum, vrum, coloque gasolina
Poderia ser sua esposa?
Agora, podemos arrebentar
Tenho esses caras na minha mão
Me chamem de Django

A música acabou, Justin ria.

Eu: do que ta rindo ?
Jus: você é muito louca
Eu: só por causa da letra ?
Jus: esses gestos, foi engraçado
Eu: ata -tinhamos chegado na casa-

Desci do carro e entrei correndo, abri a porta com força, e todos me olharam assustados.
























continua ?






























3 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH CONTINUA MOLIEEER, eu tb amooooo essa música :3 SEM MAIS ! é muito foda ela, e fim !!! e como assim ela vai viajar por 2 ANOS? prevejo que muitas coisas vão acontecer nesses dois anos, estou curiosa, então PLEASE CONTINUAAAA SUA DIVAAAA !!!!

    ResponderExcluir