21 de set de 2014

          Criminal Liaison -   Two

                     


                 P.V.O Demi Lovato .

Eu havia amarado o corpo dele de pé e confesso que deu um pouco de trabalho já que ele estava desmaiado , e ainda para ajudar isso faz com que o corpo fica-se pesado . Seus pés estavam amarados com cordas bem esticadas , suas mãos estavam amaradas com corda também para cima e na sua boca havia uma fita impedindo de que ele falaria algo quando acorda-se . Eu já estava impaciente ele não acordava logo , peguei um copo em cima da mesinha e fui até uma torneira no quintal e o enchi . Voltei para dentro com o copo já cheio e me parei em sua frente  só pensando em como seria a cara dele quando acorda-se . Olhei para o rosto dele e mordi os lábios , acabei jogando a água no rosto dele que acordou assustado e quando me olhou se debateu tentando se soltar .

Demi : Calma , calma já já acaba - falei sorrindo e andando em volta dele e ele resmungou algo novamente que não fiz questão de entender - não consegue falar , não é ? - falei parando em sua frente e passando a mão em seu queixo , ele virou o rosto com tudo tentando se livrar da minha mão - vou lhe ajudar - puxei a fita sem dó que tampava sua boca e a joguei no chão .

XxX : SUA VADIA - gritou , praticamente Cuspindo em meu rosto.

Demi : Vamos com calma João - falei dando outra volta nele.

XxX : Me solta  vou acabar com você , espera... como sabe meu nome ? - disse entre dentes .

Demi : Acabar ? Não me faça rir querido e seu nome como descobri ? Isso não interessa .

João : Interessa sim .

Demi : Cala essa boca e me responde tudo que eu quero saber .

João : Eu não vou falar nada , descubra sozinha .

Demi : Relaxa , eu tenho o dia inteiro ainda - puxei uma cadeira e me sentei em sua frente .

João : Você está louca , me solta e vamos resolver isso .

Demi : Sabe ele me deve uma coisinha..

João : Ele quem ? - começou a me interromper .

Demi : Nunca interrompa uma mulher  e não se faça de idiota João , você sabe exatamente de quem estou falando .

João :  Não , eu não vou falar nada .

Demi : Perdi a paciência - falei batendo a mão na perna e me levantando .

João : Vamos acabe logo com isso , no fundo você é apenas uma fracote .

Demi : Eu não diria isso - abri a gaveta  pegando um alicate .

João : Você não teria coragem..ou teria ? - disse olhando para minha mão e logo para meu rosto .

Demi : Quer ver se tenho coragem ? Você tem apenas 5 segundos para me dizer oque eu preciso saber .

João : Não vou falar...

Demi : Um , ja estou começando .

João : Não adianta...

Demi : Dois .

João : Vadia - murmurou .

Demi : Três .

João : Chega.. eu falo .

Demi : Quatro - fui até ele .

João : Max tem um carregamento da que a duas semanas e só sei isso .

Demi : Vamos termine de falar o resto , ande logo - gritei .

João : E logo depois disso ele se mudara para Boston .

Demi : Bom garoto - parei em sua frente .

João : Me solta agora - gritou .

Demi : Eu sei que sabe de mais coisas , e se você me contar tudo eu lhe soltarei .

João : Promete ? .

Demi : Mais é claro - sorri sapeca .

João : Amanha , amanha ele estará no casino e rodeado por seguranças .

Demi : Muito obrigada e a parte dos '' seguranças '' eu já sabia , ele não da um peido sem os seguranças com medo de seu próprio peido lhe matar .

João : Agora cumpra sua promessa e me solte .

Demi : É claro - fui até uma das gavetas novamente e peguei minha arma .

João : Eu vou acabar com você - disse se debatendo cada vez mais .

Demi : Você é muito idiota , entregando seu próprio chefe na esperança de sair da que .

João :  Você prometeu sua vadia .

Demi : Quais são as suas ultimas palavras ? - falei destravando a arma e apontando para ele - ah a propósito eu lhe disse que iria te soltar e eu vou cumprir , mais eu não disse se era vivo ou morto .

João : Vai pro inferno sua vadia e tomara que você mora - disse cuspindo em meu rosto .

Demi : Só sabe cuspir ? - limpei o rosto - resposta totalmente errada - falei apontado a arma na direção de seu peito - tenha uma boa viagem - atirei duas vezes em seu peito e isso fez com que  algumas gostas de sangue expirasse em minha roupa , um já foi e agora falta mais alguns de muitos . Eu iria ter que me livrar desse corpo , mais antes disso porque não mandar um recadinho ? Peguei a faca e cortei a corda que segurava seus braços em cima , seu corpo caiu com tudo no chão , me agachei em seu lado e abri sua mão e logo vi uma tatuagem em seu dedo e essa tatuagem eu conhecia , era identica com a que papai tinha em seu dedo e todos capangas de Max teria essa tatuagem  e era como se fosse algum tipo de marca . Mordi os lábios pensando no que eu faria . Abri sua mão a poiando no chão e comecei a cortar um de seus dedo que estava com a tatuagem , peguei um pano e enrolei o dedo nele , colocando em cima da cadeira .

            ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Respondendo aqui ,,

Karoliny : Já continuei <3 .

Anônimo : Já continuei <3 .

Renata : Demi é muito paciente kkkk .. Continuei <3 .

Lidia : Continuei <3 .

Sara : A Demi vai ser .. tem que ler até o final , pois se eu contar vou estragar kk depende '' se matar todos está no plano dela '' , continuei <3 .

            ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Espero que gostem e desculpa por algumas palavras e pela demora , estou sem net ;/ vim na casa da titia para postar  euheue  continuo com três comentarios :)

2 comentários: